quinta-feira, 27 de novembro de 2008

(dec)al dente

.
degustou
alho no olho
a indiferença

pediu bis


Lou Vilela

.

3 comentários:

Círculo Literário disse...

Um blog que atrai pelas palavras tão bem colocadas!!!Uma obra de Arte !!!

Pavitra disse...


caramba, lou!

essa tá boa demais!
lembra mordidinha no pescoço... rs

Cosmunicando disse...

certeiro, preciso como um bisturi esse poema.
parabéns =)
beijos