segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Com o eu em Marte


.
visto a camisa
como brisa
rumino arte


Lou Vilela

.

3 comentários:

Marcelo Novaes disse...

Vestida de vento,
o céu e a lua são os teus
ornamentos...


És poeta!





Beijos,





Marcelo.

Lou disse...

Lindo, Marcelo! :)

Ígor Andrade disse...

Que bela poetrix, Lou!

Beijo, poetisa!