quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Urdume

.


Na trama de
versos sem rimas
disfarço a minha
incompetência:

não sei desatar_nós



Lou Vilela
Em 24/02/09

.

23 comentários:

J.R. Lima disse...

Mas atar é tão mais divertido.

Lou disse...

Concordo, J.R.! :)

Abraços,
Lou

ADRIANO NUNES disse...

Lou,

Sublime!


Beijão,
Adriano Nunes

Cosmunicando disse...

bela urdidura =)
beijos

Lou disse...

Mercedes,

Gostei da nova foto. :)

Bjkas

Ígor Andrade disse...

Sabes mais, Lou...
Abraço!

Rafael Rodriguez disse...

.beleza.

rua do mundo disse...

lou

passa na rua do mundo tem dois selinhos procê!
bjs

blog do leivão disse...

Cara lou,recebi o prêmio Dardos do nosso colega Rõmulo do interdito,e estou passando para você.Sei que você o recebeu a pouco tempo,mas passando minha lista de blogues em revista,não posso deixar de atribui-lo também a você.Um grande abraço do james(minha literatura agora-blog do leivão)

rua do mundo disse...

lou
milhões de desculpas! toda atrapalhada de madrugada e outras confusões que só eu pra fazer, viu?
os selos são seus, claro! vc sempre estará em meus pensamentos, gosto muito docê mininaa!
volte lá ...
bjs

Graça Pires disse...

Excelente!
Beijos.

Marcos Miorinni disse...

belas letras ...
abraços
Marcos

Guru Martins disse...

...hehehe...
modéstia...

bj

Lou disse...

Adriano, meu caro, obrigada!

Um grande abraço,
Lou

Lou disse...

Nem sempre, Ígor... :)

--------------------

Rafael,

Obrigada pela visita. Bem vindo ao Nudez Poética!

---------------------

Fá, não se preocupe com isso. Passarei por lá novamente. Desde já, agradeço pelos mimos! :)

---------------------

Blog do Leivão,

Obrigada pela atenção e pelo carinho. Para mim é uma lisonja receber esses mimos. :) Seu nome será acrescentado na referência que fiz ao selo.

----------------------

Graça Pires, é sempre um prazer encontrá-la por aqui!

-----------------------

Marcos, meu caro, obrigada!

Espero que tenha resolvido os problemas com o blog.

------------------------

A gente tenta, Guru. :)

------------------------


Um grande abraço a todos,
Lou

minha literatura agora disse...

Querida Lou,os recebedores do prêmio dardos têm que :
-postar o selo no blog
-linkar o blog do qual receberam a indicação
-escolher outros 10 blogues a quem passar o prêmio
-avisar os escolhidos.
um abraço do james

Lou disse...

Sim, sim... eu sei, James. Fiz isso no recebimento do primeiro selo. Por sinal, até hoje não consegui completar a primeira lista ainda. :(
Quanto ao link, o Nudez Poética já está linkado ao seu blog, não observou?

Abraços,
Lou

manzas disse...

Sublimes versos escapam das almas dos poetas
Viajando até ao fundo dos céus como balões …
Suspensos ficam no tecto brilhando poesias inquietas
Reflectindo olhos orvalhados em prados de emoções

Dedicado a todos
Os poetas e poetisas
Deste mundo,
Os que já adormeceram,
E aos outros
Que ainda nem sono têm...

Bem hajam!

Um resto de uma boa semana...

O eterno abraço…

-MANZAS-

Mirse disse...

Lindíssimo Lou!
A trama de versos sequer precisam de rimas. E os nós que sejam desatados por quem os deu.

Amei!

Beijos

Mirze

Sergio disse...

neste dexato nomento, nóz.

Lou disse...

Lindos versos, Manzas! Suas belas palavras nos alegram. Abraços!

-----------------

Pois é Mirse... a trama de versos - com ou sem rima - é sempre um presente para a alma!

------------------

Sérgio, que surpresa agradável "revê-lo"! Obrigada pela visita!

------------------

Um grande abraço, meus caros.
Lou

AlmaAzul disse...

Olá, não conhecia o teu blog :)

Infelizmente, não conhecia!

Porque ando a perder algo muito bom!
Parabéns!

Lou disse...

Alma Azul,

Obrigada pela visita e pelo gentil comentário!

Bem vinda ao Nudez Poética!

Um grande abraço,
Lou