domingo, 26 de abril de 2009

Néon

.

Clique na imagem para ampliar.


.

27 comentários:

Ademar Oliveira de Lima disse...

Estive por aqui lendo e aprendendo um pouco com você!! Abraço Ademar!!!

Mirse disse...

Lou, querida!

Que poema! Num conretismo de arrepiar!

Parabéns pela poesia em arte!

ambos estão magníficos!

Beijos

Mirse

Maria Clara Pimenta disse...

Belo poema visual e de grande significação, Lou!

Parabéns por essa bela pintura em neon!

Beijos, minha querida!!

james p. disse...

Lou,belíssimo poema.Parabéns.Acho que ,dos muitos blogs de poesia que visito,o seu é um dos que mais gosto,pela qualidadade e a sinceridade dos poemas.Grande abraço.

Guru Martins disse...

..."falso gozo"
tentativa do prazer
prazer de tentar
tentação...
louvado seja!!!

bj

Georgio Rios disse...

Um belo poeimagem, linda e intrigante.Uma dança entre luz e sombra forma eberso.Lindo.

Lou disse...

Ademar,

Pode ter certeza que a aprendizagem é recíproca. :)

-------------------

Mirse e Maria Clara,

Suas considerações são sempre elucidativas.

Obrigada pela presença e pelo carinho!

--------------------

James,

Fico feliz que aprecie este espaço. É mantido com muito carinho.

-------------------

Guru, um filósofo de plantão! :)

-------------------

Georgio,

Gostei bastante de sua leitura!

Meus caros, obrigada pela atenção dispensada e pelos gentis comentários.

Um abraço,
Lou

Úrsula Avner disse...

Querida Lou, sua expressividade poética é algo admirável. Quanta profundidade em poucas palavras ! Lindo ! Bjs no coração.

Adriana disse...

Lou,
gostei muito de suas "sombras".

Graça Pires disse...

As sombras. A fome. A sede. O silêncio. O néon da solidão.
Muito belo. Um beijo.

Lou disse...

Úrsula,

É muito gratificante esse tipo de "feedback". Obrigada!

---------------------

Adriana e graça,

Que bom que gostaram! Passear poeticamente pelas sombras me instiga uma perspctiva filosófica.

Abraços,
Lou

~PakKaramu~ disse...

Visit yous

nina rizzi disse...

a míopia nos dá os melhores quadros...

conhece toulouse lautrec? e olha que coisa sua palavra de verificação: tratect

beijo :)

Theresa Russo disse...

Não entendo nada de nada e apenas sinto...E sinto que o vem da poesia bela..E ela torna o meu dia melhor..Obrigada poeta...

A estranha disse...

Como sempre...teus poemas são lindos!!!

Marisete zanon

Lou disse...

PakKaramu,

Bem vindo ao Nudez Poética!

-------------------

Nina,

Conheço pouco da obra do "artista dos cabarés", mas você tem razão... é belíssima!

--------------------

Oi Marisete,

Sua presença é sempre bem vinda!


Abraços em todos,
Lou

nina rizzi disse...

oi :)

é que o toulouse lautrec era míope, por isso ele conseguia certas luminescências em seus quadros, além da ajuda do álcool, claro.. rs.. seu poema me remeteu aos moulins rouges, putas e bebuns de lautrec. e a palavra de verificação parecia o nome dele.. rsrs..

e veja que coisa, a de agora parece ao seu teatro peferido: mowallyn (moulin rouge)

beijos :)

Lou disse...

Pois é... achei a palavras parecida mesmo. Agora entendo o "jogo". rsrs

Bjs

Flor da palavra disse...

Lindo demais!!!
Beijos

PAULO MIRANDA (A Folha) disse...

Tão vermelhos quase vesgos
Tão azuis quase libertos
Tão amarelos, quase populares
Tão verdes que até se curam
Realmente... Luzes e cores
Tão senhores, então, deste mundo
Que até hoje se figuram

Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiii
O poema
Beijussssssssssssssssss

Taninha Nascimento disse...

Menina!!

Que talento, hein!!

Nossa... "quebrou tudo"!!

Parabéns, Lou!

Forte, delicado e ético. Assim é a arte!!

Beijos, Taninha

Roberto Ney disse...

Gosto de ler sentimento... e encontrei aqui bem mais que palavras.
grande abraço!

Lou disse...

Flor,

Obrigada! Bem vinda ao Nudez Poética.

-------------------

Paulo,

Também gostei da sua construção. :)

Obrigada pelo link!

--------------------

Taninha,

E é assim que deve ser. :)

---------------------

Roberto,

Obrigada pelo gentil comentário e pelo link.


Desejo um excelente fim de semana a todos.

Abraços,
Lou

Adriana Godoy disse...

Delirante, noturno, os becos...adorei...lindo, poético. Beijo.

Rafael disse...

Gostei, muito bonito!
To te adicionando
Bjs

líria porto disse...

oi, flor - vim aqui só pra te ler - um sortilégio!!
besos

(a palavra de verificação - conpreav - nos teus versos ganhoasas...)

Lou disse...

Adriana,

Bom vê-la por aqui. Sinal de que deve estar se recuperando bem (mas não exagere! rs).

------------------

Rafael,

Obrigada pelo link. Bem vindo!

-------------------

Líria,

E por falar em asas, algumas nos fazem flutuar como o som da lir(i)a. :)

-------------------

Abraços, meus caros!
Lou