domingo, 16 de agosto de 2009

Às Marias

.

Hoje é dia de Maria...


Maria dos morros dos velórios

das sacadas das calçadas

dos achados dos perdidos


da Maria-vai-com-as-outras

e da outra, a que fica


Daquela Maria que almeja

paixão preguiçosa

que mexe remexe acomoda

(não se atreve ir embora)

traveste-se em amor


Também da Maria-abismo

antro de perdição

Maria-bordô!


Da Maria de encantos mil...


Maria-rosa chocolate

branco neve algodão doce

Maria-espinho


Importada nacional

acadêmica analfabeta

executiva piloto de fogão


Maria do príncipe

(futebolístico ou não)

Maria que ama Maria...


Daquela que crê que reza que implora

que vai à igreja que despacha na esquina

que não dá bola


Maria da fome, dos talheres de prata

erudita popular

(“ir-me-ei...; toma lá da cá!”)


Maria boêmia abstêmica

avião balão

Maria, Maria...


Bruta lapidada

peçonhenta panaceica

(dese)equilibrada

puta indissoluta

(r)evolução estelar


Todas belas, todas manias

com ou sem cria

Marias emoção!


Sim, todo dia é dia de Maria!

que tomba levanta que sonha

que cala, das vozes-maria


Maria (im)perfeição

Maria poesia


- Ave, Maria!



Lou Vilela





* Adaptação de imagem by Lou Vilela

** Poema publicado no Maria Clara: simplesmente poesia.


.

10 comentários:

Fátima Campilho disse...

Salve Maria da Glória, minha mãe do céu.
Lindo Lou!
Bj

Mirse disse...

Bonito, Lou!

De uma só Maria, todas desfilaram, todas dignas, por serem mulheres e precisarem na maioria das vezes sem querer ser o que nunca pensou.

Logo após o dia da Assumção de Maria, a mais Bendita!

Parabéns!

Beijos

Mirse

BAR DO BARDO disse...

(Repito-me.)

São tantas marias, e se concentram em uma só... mulher e mãe.

Bom exercício mariano, Lou!

Danilo de Abreu Lima disse...

lou, cheguei aqui pela leitura do mariaclara, onde nina esdcreveu sobre uns textos meus...
gostei prá caramba da tua escrita, essas marias da vida marias de todo canto e todo encanto...acho uma simbiose com o texto que a nina boptou no blog- sore as lavadeiras- nomes- vocês estão arrebentando, meninas! grande abraço do Danilo

Lou Vilela disse...

Danilo,

Feliz com a sua presença e com o seu comentário. Seja bem vindo ao Nudez Poética!

Li seu texto lá no Maria Clara, mas como estava atrasada, deixei para comentar posteriormente.

Um grande abraço,
Lou

Lou Vilela disse...

Fátima, Mirse e Henrique,

É sempre gratificante receber as suas visitas e comentários! ;)

Beijos,
Lou

Marisete Zanon disse...

E viva as Marias de todos os dias!
esmaques

Marisete Zanon

Lou Vilela disse...

Viva! ;)

Bjkas, Marisete!

: A Letreira disse...

Moça, obrigada por visitar o Letreira. Apareça sempre, já estou te seguindo... teu blog é muito rico em poesia!

bj, sônia (A Letreira)

Bezerra Guimarães disse...

Marias...
Sempre dia.

Parabéns pela poesia!
Quantas Marias há para comtemplar...

Linda!
Beijos