sábado, 16 de outubro de 2010

Leitura suicida

.

 
Dânae - Gustav Klimt




Teu olhar de pele
arrepiada
provoca os vãos
de minha boca:

de lamber-te
afogo-me
suor e saliva.


Lou Vilela

.

26 comentários:

Mai disse...

Uma pintura de poema.
Avidez de quem - sôfrega - lê, justapondo dedos, língua, saliva e olhos, página; pele.
Nudez poética ou freudianos restos oníricos.

adorei isto!

Eder Asa disse...

Sal(dade), suor e saliva!
Lindo, Lou, uma pintura, como disse a Mai.
Seu lirismo é impecável!

Beijo grande...

Lara Amaral disse...

A-do-rei!

Muito bom, querida!

Beijo.

Assis Freitas disse...

afogar-se a fogo e lento crepitar,


cheiros

Ribeiro Pedreira disse...

o paladar é dos sentidos o mais perigoso...

Adriana Godoy disse...

Que delícia mais picante. Lindo. Bj

Colecionadora de Silêncios disse...

Nossa, Lou! Que poema lindo!
Forte, denso... puro sentimento!
Amei!

Beijos, querida...

Carol disse...

=) lindo, lindo!

Francy´s Oliva disse...

Delicioso.
bjs

Úrsula Avner disse...

Oi Lou,

bonito e sensual... Bj.

Lucia M. Ghaendt-Möezbert disse...

A imagem e o poema dialogam em perfeita harmonia. Adorei a ousadia dos seus escritos, parabéns!

ARTE E VIDA disse...

Olá.
Fazendo uma visitinha em seu blog, gosto dos seus poemas.
Abraços

Daniela Delias disse...

Ma-ra-vi-lho-so!!!!!!!

MAILSON FURTADO disse...

Belo post, belo trabalho!!

Muito interessante teu espaço!!!

PArabéns...

Conheça o meu...
http://mailsonfurtado.blogspot.com

carmen silvia presotto disse...

Lou, Leitura Suicida é tão bom poema, que tenho desejo de levar emprestado lá para Vidráguas, para a secção Anáguas, pode ser?

Um beijo, sempre bom entrar aqui para te ler.

Jorge Manuel Brasil Mesquita disse...

E, em sonhos, as carícias das lambidelas cutâneas absorverão os olhares salivados da boca.
Jorge Manuel Brasil Mesquita
Lisboa, 19/10/2010

Renata de Aragão Lopes disse...

Lou,
sua escrita é muito peculiar!

Digo-lhe que nem precisaria
haver assinado este poema! : )

Sensorial...

Beijo,
Doce de Lira

Lunna Guedes disse...

O prazer que se encontra nos pequenos gestos. Viajei. Bacio

Danilo de Abreu Lima disse...

puro erotismo lirico-
uma ins-piração !
abraços
danilo

Rodrigo Passos disse...

lindos versos!

Graça Pires disse...

Sensualmente belo.
Um beijo.

carmen silvia presotto disse...

Um beijo Lou e já está lá em Vidráguas, na secção Anáguas... obrigada pelos versos e companhia.

Barbara C disse...

''suor e saliva'' e umas palpitadas no coração.


Lou beijo


passa lá no blog.

★★ GIZA ★★ disse...

obrigado por aceitar meu convite de amizade
seja muito bem vinda ao meu cantinho
beijos

Cris de Souza disse...

deu água na boca...

beijo, minha cara!

Luiza Maciel Nogueira disse...

Maravilhoso Lou de uma sensibilidade a flor da pele.

Beijos