segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Leitura suicida III


 
Repouso na colcha de retalho - Di Cavalcanti



na ausência retêm o calor;
no afago de turvas mãos
que exploram e mutilam.

Lou Vilela


.

7 comentários:

Talita Prates disse...

muita saudade da sua eros.poesia!

um beijo, querida Lou!

(saudades dos nossos papos...)

feliz TUDO pra vc,

Talita.

Assis Freitas disse...

lembrei Tatuagem do Chico,


beijo

Eder Asa disse...

Sei, sei... Mãos que exploram...

Lindo, Lou! Com sempre, aliás...
Ósculos redondos...

Adriana Godoy disse...

Lindo, Lou.

Um ano novo cheio de tatuagens e encontros.

Beijo

Carol disse...

lindo!

carmen silvia presotto disse...

E que nossa morte seja sempre em leituras como estas... uma queda poética.

Beijos, Lou!!!

Eduarda disse...

Lou,

ao contrário de alguns não vejo erotismo, mas sim pura sensualidade.

dum quadro de Cavalcanti, um poema maior que o Universo.

Feliz 2011