sábado, 5 de março de 2011

Prelúdio para a salvação II

.
Eggcubism multiple, por Enno de Kroon


Não à discordância de dias
Errantes em uma existência
Pousaríamos certezas
Que não temos.
Antes, açoite - risco:
Iniludível mundo amorfo 
A se/nos desvendar.

Lou Vilela



* Antecipei algumas homenagens, pois estarei ausente por uns dias (possivelmente, ainda aparecerei durante o carnaval; depois, devo me afastar em decorrência de uma cirurgia).

** O poema anterior homenageia a mulher. Este, foi feito em comemoração ao dia nacional da poesia (14/03); também, meu dia de comemorar "primaveras". :))

*** Quem quiser conhecer o primeiro prelúdio, é só clicar aqui

Um beijo a todos!


.

15 comentários:

Sam disse...

Não às divergências errantes
que mais ferem do que ensinam
Sim às pausas dos compassos lúdicos e necessários nesta
simples e talvez inerte salvação de si
daqueles que nada temem e nada têm ou querem salvar.

Sim e não são caminhos paralelos, com um ponto em comum, com tioda a certeza, em algum lugar dessas tantas estradas.

Bonita primavera para ti e dias tranquilos para a cirurgia.

Abraços, flores e estrelas...

Assis Freitas disse...

a poesia se sente plena em ti,


cheiro

p.s. parabéns antecipados e que tudo corra bem com a cirurgia

Eder Asa disse...

A(va)ntes, a noite - o riso!

Torço por ti,
Abraço!

Vais disse...

Saudações, Lou,
que o carnaval esteja sendo porreta
Se você segue o aosabor, me tem
beijos
tudo de bom
inté

Lara Amaral disse...

Boa sorte na sua cirurgia e boa recuperação, querida.

Beijo grande!

BRUNO disse...

parabéns tudo de bom
www.bsaldanhafotos.cjb.net

Vais disse...

Olá, Lou,
é pra te deixar um parabéns pelo dia da mulher, e todo dia é dia
e que tudo vá bem, dia 14 eu volto
beijo e tudo de bom

Graça Pires disse...

A divergência faz o poema misterioso...
Um beijo, Lou


P.S. O meu livro não vai ser comercializado no Brasil, infelizmente. O único processo é pedir à Editora labirinto.

São disse...

Certezas não temos, não!
Lhe agradeço o poema.

Saudações

joaoletras disse...

oi Lou Vilela
seu blog me cativou
tornarei aqui, fiz link

Carlos Eduardo Leal disse...

Lou,
Adorei teu blog e a descoberta de Enno de Kroon que não conhecia. Postei no meu facebook. Se quiser, veja lá,
Abraços
Carlos Eduardo Leal
veredaspulsionais.blogspot.com

Menina no Sotão disse...

Não sei comentar poesia. Confesso. Porque a poesia pra mim é segunda pele. Quando me causa silêncio (como agora) é porque ficou em mim.
bacio

fátima queiroz disse...

xuxu

belo é tudo que vc faz...

pésse: gostei do comentário acima...belezura...

beijos procê

Lou Vilela disse...

Agradeço a todos pelo carinho e pelas felicitações. ;)

Quanto aos comentários, agrada-me vestir cada olhar, janelas da alma.

Beijos,
Lou

O que Cintila em Mim disse...

Que bárbaro! Um toque de Midas no coração.