quarta-feira, 20 de abril de 2011

Sônia

.

Desconheço a autoria da imagem.



Eram corda bamba
Vida amor paixão
Marias Josés Petrovskys
Assim – russo – sem rima
A morte os com sortes amém

Lou Vilela


* Curiosidade: Sônia, “russo, Sonja, significa sábia. Ou variação de Sofia. Simboliza o respeito por valores éticos e morais”.


.

16 comentários:

Leonardo B. disse...

[entre um lado e o outro da corda, a vida,

o acontecer matinal da vida,

sapiente manhã]

um imenso abraço, Lou

Leonardo B.

assis freitas disse...

equilibrar-se em versos, não na razão


cheiro

Lara Amaral disse...

Interessante, Lou, bateu de um jeito diferente, irreverente como só vc sabe.

Beijo.

Sam disse...

Assim, equilibram-se os dias, Lou.

LIndo
Meu carinho
Samara Bassi

Marcantonio disse...

Não é por acaso, então, que a personagem benigna e redentora do romance "Crime e Castigo" se chama Sônia, não é?

Imagem interessante essa, não deixa de ser um anti-Chagal cujos casais flutuavam no ar.

Beijo.

sandra camurça disse...

Querida, tou passando rapidinho pra lhe desejar uma Feliz Páscoa! Grata pela mensagem!

E que chuva aqui em Recife, hein?

Beijão

Hercília Fernandes disse...

Belos versos e imagens, Lou.
A arte visual é igualmente expressiva.

Uma feliz Páscoa a você e aos seus.
Abraços,
H.F.

Manuella Epaminondas disse...

esta na corda bamba é a arte da vida.
linda a mensagem do texto

bem futurista
http://manunatureza.blogspot.com/

Wania disse...

Lou

Perfeito jogo de palavras!
A imagem não poderia ter sido mais adequada.



Bjs e uma Páscoa iluminada pra ti e todos os teus!

Pedra do Sertão disse...

Olá, cara Lou,

Esse equilibrar que atrai nossa atenção!

Belo poema!

Amapola disse...

Boa tarde.
A vida por um fio...

Um grande abraço.
Maria Auxiliadora (Amapola)

Estou lhe seguindo.

carmen silvia presotto disse...

Fios de vida
poesia extensa
a muitos amanhceres...

Beijos, Lou. estar aqui é ampliar o olhar sempre.

Carmen.

Graça Pires disse...

Funâmbulos do sonho...
Beijos.

Amanda Lemos disse...

Muito interessante o blog !
Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir...;

www.bolgdoano.blogspot.com

Muito Obrigada, desde já !

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Em.sônia habito no turno dela... :)

Eder Asa disse...

Lembrou "A valsa nº5", do Nelson Rodrigues. Já leste este? rs "onde está Sônia?"

Beijo!