sexta-feira, 1 de junho de 2012

Dinamene

'Nômades Amantes do Tempo' - Bruno Steinbach

tão pele e espanto
composta em tema
rutila a flor
na ponta da língua


Lou Vilela

5 comentários:

Assis Freitas disse...

sílaba e saliva,



cheiro

Daniela Delias disse...

Tudo sempre tão lindo e intenso!

Bjos!

:)

Francy´s Oliva disse...

não só na ponta da língua.
Beijos caríssima belo final de semana.

Verso Aberto disse...

duca!!!
florema em petalíngua

abração

piligra disse...

eu tenho uma íngua
bem na ponta delicada
da minha língua!

PS. ESTAREI AQUI POR PERTO A PARTIR DE HOJE, A SOMBRA DE UM FANTASMA SEGUINDO OS PASSOS DOS ANJOS...