sábado, 17 de novembro de 2012

Hoje


Para Assis Freitas e Daniela Delias*


pensei em flores
a mim representam
quando não posso ser asa
rota de colisão
visgo, tátil, metaforizada
cá estou, orquídea, lilases
desejo vingado em palmas de mãos

Lou Vilela

* Pelos recentes lançamentos dos livros:

 "Boneca Russa em Casa de Silêncios", da poeta Daniela Delias;  
"O ano que Fidel foi excomungado", do poeta Assis Freitas.



4 comentários:

Felipe Terra disse...

Bela homenagem Lou...
O livro do Assis eu já conhecia, agora o livro da Daniela não - obrigado por apresenta-la...

Boa noite e até mais...

Daniela Delias disse...

Tão linda, tu, Lou!
E eu tão feliz por viver esse momento junto com o poetinha!

Beijos :)

Assis Freitas disse...

dádiva, oferenda: beijo-te as mãos,

cheiro

Verso Aberto disse...


palmas
três vezes


abs