quarta-feira, 12 de maio de 2010

Vazio

.
Tela: Amantes by Nicoletta Tomas Caravia




A mesa posta o choro da vela
um cheiro almiscarado
dois corpos ladeados
lençóis em desalinho:

lembranças que destoam daquele lugar vazio.

Saudades da paixão que gotejava sobre o telhado
escorria pela bica fertilizava a terra.

Mãos tombam sobre a mesa, impotentes.
Abraçam-se os dedos:

“Seja feita a Sua vontade”...



Lou Vilela
Em 11/04/09


* Texto republicado.

.

14 comentários:

Mirse disse...

Lindíssimo, Lou!
Emocionei-me pela beleza dos versos e pela sutil melancolia, como se fosse uma lágrima à homenagear a Paixão depois da ceia.
Os dedos abraçam´se numa prece.

Divino!

Parabéns, amiga

Beijos

Mirse

Fátima Campilho disse...

Lou,
"Você vai carregar água na peneira a vida toda.
Vai encher os vazios com suas peraltagens.
E algumas pessoas vão te amar por seus despropósitos."
Manoel de Barros
Gostaria de ser poeta poeta como você para esvaziar a alma de tanta angústia.
Eu amo a sua poesia.
Abraços,
Fátima

Lou disse...

E você me emociona pela delicadeza do olhar, Mirse.

Beijos,
Lou

Lou disse...

Fátima,

Que bela citação!

Sempre que tenho a oportunidade de visitar o seu blog, sinto-me como mais uma ouvinte de suas histórias as quais, certamente, atuam como bálsamo para almas angustiadas.

Bjs,
Lou

Guru Martins disse...

...a beleza tem
um quê de melancolia
ela incorpora o bonito estético
e a alegria de conteúdo
o atacado semeando o varejo...
tão óbvio, mas tão difícil
e ser capturado pelo indivíduo
que também é a parte
mas quando ele(a) consegue
dá nisso: Belo!!...

bj

Cosmunicando disse...

muito belo, Lou... todo um sentimento expresso pelas mãos!

bjos

Lou disse...

Guru,

Pelo que tenho acompanhado, seu olhar é um dos que têm conseguido êxito nessa captura.

Abraços,
Lou

Lou disse...

Mercedes,

Fico feliz que tenha gostado. :)

Bjs,
Lou

Adriana Godoy disse...

Que beleza de poema, na forma, no conteúdo, na imagem! Lindíssimo. Bj

Lou disse...

Os seus também encantam nesses quesitos, Adriana.

Beijos,
Lou

Hercília Fernandes disse...

Belíssimo, Lou. Destaco uma passagem:

"Saudades da paixão que gotejava sobre o telhado
escorria pela bica fertilizava a terra".

Creio que as imagens que você lindamente expressa tornam verdadeiros os sentimentos.

Lindo!

Abraços :)

H.F.

Lou disse...

Hercília,

Para quem escreve, é muito gratificante conseguir pincelar algumas imagens através das palavras.

Beijos, minha querida e obrigada pelo tempo doado ao Nudez Poética. Sei o quanto essa época é corrida para você.

Assis Freitas disse...

Vazio aterrador, solitariamente a dois. Cheiro

Lara Amaral disse...

Lindo de doer... no vazio.

Beijo!