domingo, 7 de junho de 2009

Aurora

.


minha língua de sal
serpenteia
mar de luas e uivos
refém da tua poesia


Lou Vilela

.

9 comentários:

Hercília Fernandes disse...

Belo miúdo, minha cara.

Aliás, toda sua série de poemas visuais está fantástica.

Parabéns, Lou!

Beijos :)
H.F.

Elza Fraga disse...

Oi, querida
Escolhi você como uma das recebedoras do selo
Vale a pena acompanhar este blog.
Está lá no TEMPO IN-VERSO,
Não tenho o seu email, então vai por aqui.
Bitokitas, sucesso e luz.

Ígor Andrade disse...

Como sempre, tudo muito inspirador aqui...
Abraço, Lou!

Lou disse...

Obrigada Hercília!

Beijos e boa semana pra ti!

--------------------

Elza,

Adorei receber o mimo. Obrigada, minha querida! Irei lá assim que possível.

Quanto ao e-mail, é esse que aparece em meu perfil. :)

Bjkas



--------------------

Inspiração é sempre bem vinda! :)

Mais uma vez, agradeço pelo convite, Ígor!

Abraços, meu caro!

Mirse disse...

Lou!

Que beleza!

A cada dia me surpreendo!

Belíssimos, imagem e poema!

Parabéns!

Beijos

Mirse

Úrsula Avner disse...

Oi Lou, linda e sensível poesia ... como sempre ! Meu carinho.

Lou disse...

Hercília,

Esse feedback é valioso! Obrigada!

Bjs

Lou disse...

Mirse,

Gosto muito de ouvir a opinião de um olhar experiente. Obrigada!

Abraços

Lou disse...

Agradeço e retribuo o carinho, Úrsula!

Um grande abraço!