domingo, 25 de janeiro de 2009

Elas

.
Para Fátima Queiroz e Hercília Fernandes.


eu que navego
por esses olhos
embriagados,
incessante poesia,
observo
(sim, atentamente observo):
as estações se sucedem
e a beleza é tamanha.


Lou Vilela
25/01/08
.

10 comentários:

Hercília Fernandes disse...

Querida Lou,

Em minhas viagens pela Blogosfera tenho observado que "as estações se sucedem e a beleza é tamanha".

Sinto-me imensamente honrada por me dedicar, conjuntamente à Fátima Queiroz, o seu belo poema. Sua beleza poética e conduta humana são do tamanho do coração: imensidão sem fim.

Muitíssimo obrigada por seu delicado gesto, muito me emocionou.

Forte abraço,
Hercília.

rua do mundo disse...

olá, menelna
sem palavras, viu?
obrigada obrigada e obrigada
bjs

desejos disse...

á catei e já está em meu perfil do orkut e irá para a rua
bjs

rua do mundo disse...

quanto ao sabiá... ele já caiu fora da selva de concreto
bjs

Cosmunicando disse...

dedicatória merecida e belo poema =)
beijos Lou

Lou disse...

Hercília, você e a Fátima têm sido fonte de aprendizagem e admiração. Além disso, merecem nossos aplausos pela generosidade empregada na divulgação de tantos trabalhos que lhes chegam “às mãos”, sem descuidarem do senso crítico e do profissionalismo.

Um grande abraço,
Lou

Lou disse...

Obrigada, Padmaya! Um grande abraço!

Viviane disse...

Indicação à meme no meu blog...beijosss

Lou disse...

Viviane, obrigada pelo link e pela visita.

Um abraço,
Lou

adrianna coelho disse...


sim, e a beleza é tamanha!

beijos, lou!