sexta-feira, 17 de julho de 2009

Sent.idos

.
Esta saudade que visto
,ainda que áspera,
é secular
- indumentária poética.

Lou Vilela
.

11 comentários:

james p. disse...

Adorei.Poderia ser a epígrafe de um desses belos romances de memórias.Parabéns,querida.Grande abraço.

Adriana Godoy disse...

NOSSA...QUE BELEZA E QUE INDUMENTÁRIA!! BEIJO

Hercília Fernandes disse...

Lindo, Lou.
Essa saudade é uma bela miudeza, minha cara. Parabéns!

Beijos :)
H.F.

Cosmunicando disse...

áspera ou não, te cai como luva... beleza Lou.
bjos

Úrsula Avner disse...

Bela poesia Lou como lhe é peculiar. A propósito, estive no lançamento do livro da Líria Porto e foi ótimo. Gostei muito de conhecê-la pessoalmente e poder desfrutar mais de seu talento, adquirindo e lendo o livro Borboleta desfolhada. Bj.

Lou Vilela disse...

James, por já ter podido observar o seu gosto para poesia em algumas seletas publicadas em seu blog, este comentário me deixou bastante lisonjeada.

Abraços, meu caro!

Lou Vilela disse...

Godoy,

A sua indumentária poética também me faz exprimir "nossa...". ;)

Bjão

Lou Vilela disse...

Hercília,

Fico feliz que tenha gostado, pois em seu espaço se encontram "belas miudezas".

Bjs

Lou Vilela disse...

Mê,

Que assim seja! ;)

Bjs

Lou Vilela disse...

Úrsula,

Gostaria muito de ter podido comparecer ao evento, mas infelizmente não deu. Alegra-me que tenha gostado e espero que sempre surjam novas oportunidades de trocas.

Bjs

guru martins disse...

...é uma
bela estica...