quinta-feira, 23 de julho de 2009

Tempestuosa

.


Paixão

: todas as estações

[em profusão e confusão]


em pleno inverno suspiros verão

nas roupagens folhas secas

no peito primavera


no trilho louca.motiva

cem vagões descarrilados

e um apito lunar



Lou Vilela



.

9 comentários:

Adriana disse...

tuas metáforas de trem estão ma-ra-vi-lho-sas.Lou, menina, como vc escreve bem!!!Que dom

Adriana Godoy disse...

esse trem descarrilado tá o máximo...o apito lunar...adroei. beijo.

BAR DO BARDO disse...

Esse trem é da gare KAOS!

nina rizzi disse...

as metáforas com o tempo também :)

beijos :)

Mirse disse...

Lou, que extrema beleza!

A cada dia o Deus dos poetas te visita.

Profusão, estações e o trem ou louca. motiva!

Maravilhoso!

Parabéns, amiga!

Beijos

Mirse

Úrsula Avner disse...

Belo Lou... ler seus poemas é sempre um imenso e delicioso prazer. Bjs.

Lou Vilela disse...

Karnal,

Deixei um recadinho em seu blog... estou precisando de seu e-mail, pois me deram a missão de te enviar algo. ;)

--------------------

Godoy,

Nesse trem, não tem como deixar de ouvir o apito lunar. rsrs

--------------------
Henrique,

Ele é universal.

--------------------

Nina,

Todas as estações (em profusão e confusão). ;)

--------------------

Mirse,

A todos nós, minha cara. ;)

--------------------

Úrsula,

A recíproca também ocorre, Úrsula.

--------------------

Um grande abraço a todos,
Lou

Maria Paula Alvim disse...

Te ler, através das estações, é (sempre) uma delícia, louca_motiva.

Lou Vilela disse...

Paula,

A recíproca também ocorre, uai! rsrs

Bjão