sábado, 13 de março de 2010

Prelúdio para a salvação

.





Ando em tempos de sóis,
de chuvas, de ‘nós’...

Do apelo em pelo,
do escrachado verbo,
das bocas vazias.

Da capilaridade democrática,
de uma urgência diabética,
da ignorância expressa,
de abundante escassez

[falta amor, empatia, respeito...
falta prece! ao menos aquela que tece
deveres, direitos - o que manda a lei?].

Queremos mais!

Algo que invoque, provoque, ilumine,
perpetue-se... [encontre-o conforme queira]
- em última instância, um quê de salvação!  

Quiçá a poesia inaugurada dia a dia
no crepúsculo, na aurora, no discurso,
aqui e ali, nas inter-relações?!

Merecemos mais!


Lou Vilela


 




Um brinde, desde já, a 14 de março, Dia Nacional da Poesia!  E - olha que coisa - dia do meu aniversário!  ;)





.


.

32 comentários:

Taninha Nascimento disse...

Oi, Lou!

Ainda de atrasada, aceite meus cumprimentos:pelo belo poema, por seu "niver" e pelo nosso Dia.


"Ando em tempos de sóis,
de chuvas, de ‘nós’..."
Lou Vilela

Abraço,
Taninha

Lou Vilela disse...

Taninha! Que bom 'revê-la'!

Não, você não está nada atrasada... rs - Eu que antecipei a postagem, haja vista que não consegui programá-la para amanhã. ;)

Beijos, minha cara, e obrigada pelo carinho!

Lucão disse...

Lou... que bonita!
O seu pedido é atendido com a beleza da sua própria poesia.
linda!
beijos, Lou!

nina rizzi disse...

é, merecemos MUITO mais, em todos aspectos.

um cheiro bunita. e vê se me passa seu endereço pelo emeio ;)

BAR DO BARDO disse...

Tim-tim!

:)

Assis Freitas disse...

Uau, que prelúdio. Fico babando os versos. E desde sempre, muita luz e todos os quereres possíveis e impossíveis para ti. Parabéns.

Lou Vilela disse...

Lucão,

Feliz com o comentário! Obrigada!

Beijos

Lou Vilela disse...

Ninuska,

Já enviei.

Beijos

Lou Vilela disse...

Tim-tim, Henrique! ;)

Lou Vilela disse...

Assis,

O bom é que sempre quero algo - então, que o seu se realize! rsrs

Brincadeiras à parte, babando fiquei eu hoje à tarde, quando revi o especial da globo "Morte e Vida Severina" (vale a pena ver por toda uma vida). Caraca! choveu no meu ser.tão!

Obrigada, meu caro!

Beijos

Eder Asa disse...

Lou...
É impressionante como não me canso daqui! Visitos várias vezes mesmo. E a cada atualização borbulha em mim (tal como sentia Castro Alvez o borbulhar do gênio) um sentimento misto de admiração e inveja!

E tenho por obrigação falar algo sobre sua literetura: Queremos mais! HAHA'

Abraçs...

http://luradaquimera.blogspot.com/

Lara Amaral disse...

Parabéns pela sua poesia e pelo seu dia. Ambos comemoram juntos com suas belas palavras!

Beijos.

Cosmunicando disse...

Lou querida, passo por aqui pra deixar um super beijo e meu melhor desejo que teu aniversário seja cheio de felicidade!
Parabéns poeta :)

Assis Freitas disse...

Voltei para fazer dupla reverência: pela tua poesia e pelo teu aniversário, coincidência melhor não há. Beijo.

Wania disse...

Lou querida

Merecemos mais, muito mais!
Muitos tempos de sóis,
de chuvas, de ‘nós
’... no teu ser.tão iluminado!


Parabéns pelo aniversário, uma poetisa não poderia ter escolhido melhor dia pra nascer... rsrs!
Bjssss

Mai disse...

Queremos muito, queremos mais.

Feliz aniversário, Lou.

MOISÉS POETA disse...

FELIZ ANIVERSARIO , LOU...!
EU BRINDO A VOCE E A SUA BELA INSPIRAÇÃO...!

UM BEIJO IMENSO PRA VOCE !

Maria Clara disse...

Lou,

os meus parabéns estão lá no Maria Clara: simples mente poesia.

Um beijo e felicidades sempre!
H.F.

Danilo de Abreu Lima disse...

lou,
nem sei se ainda há salvação...
mas, ei, há sim, a poesia nos redime de qualquer dor- parabéns pelo blog, pelos poemas inspirados, pelo dia da poesia e pelo dia seu.
grande abraço
danilo.

Adriana Godoy disse...

Bravo! Tim tim também. beijo

Mirse Maria disse...

Brilhante, Lou!

Parabéns pelo belo poema!

Um brinde ao seu níver!

Felicidades e PAZ.

Beijos

Mirse

Lou Vilela disse...

Eder,

Que feedback, hein?! Você me deixou com um enorme sorriso no rosto, viu?

Bjs

Lou Vilela disse...

Larinha,

Obrigada fulô!

Beijão

Lou Vilela disse...

Obrigada, Mercedita! Um super beijo 'procê' também!

Lou Vilela disse...

Wania,

Agradeço pelo gentil comentário.
Quanto à data, uma adorável coincidência, né?

Beijos

Lou Vilela disse...

Salve, salve mestre Assis! ;)

Beijão

Lou Vilela disse...

É isso aí, Mai!

Beijos e meus agradecimentos, querida!

Lou Vilela disse...

Tim-tim, Moisés!

Um forte abraço!

Lou Vilela disse...

Hercília,

Você me deu um presente singular. Já passei por lá para agradecer, bem como divulguei aqui o seu maravilhoso trabalho.

Um grande beijo

Lou Vilela disse...

Danilo,

Sabe que às vezes também não sei? Mas insisto na poesia!

Obrigada pelos cumprimentos!

É sempre um prazer recebê-lo aqui, viu?

Beijão

Lou Vilela disse...

Tim-tim, Godoy! ;)

Lou Vilela disse...

Para todos nós, Mirse! Obrigada!

Um grande beijo